FAQ - Perguntas mais frequentes

Quem envia a NF ao destinatário final?

No CROSSDOCKING 

  1. o lojista consulta a disponibilidade de estoque do fornecedor;
  2. o lojista faz a venda para o cliente final;
  3. o lojista faz compra do produto do fornecedor;
  4. o lojista aguarda o produto chegar em seu endereço;
  5. o lojista fatura e envia o produto para o cliente final.

No DORPSHIPPING 

  1. o lojista consulta a disponibilidade de estoque do fornecedor;
  2. o lojista faz a venda para o cliente final;
  3. o lojista já emite a nota fiscal de simples faturamento para o cliente final, nesta nota fiscal vai a mensagem “A mercadoria será entregue por: [dados do fornecedor]”;
  4. o lojista envia o XML desta nota fiscal para o fornecedor, através do portal DSlite.com.br ou e-mail configurado no DSLite ou integração que será disponibilizada;
  5. o fornecedor envia o produto diretamente para o cliente final com nota fiscal de simples remessa citando a mensagem “Mercadoria entregue por conta e ordem de [dados do lojista] e [nota fiscal do lojista];
  6. o fornecedor emite nota fiscal de venda para o lojista citando a mensagem “Mercadoria entregue com NF [dados da nota fiscal de remessa para o cliente final].

CFOP do lojista deve ser 5120 ou 6120 para dropshipping

Natureza de Operação: Venda à Ordem

Porque a CFOP do lojista deve ser OBRIGATÓRIAMENTE 5120 ou 6120 ?

Se o arquivo XML da Nota Fiscal Eletrônica do lojista não estiver com o CFOP correto (5120 ou 6120), o XML SERÁ  REJEITADO pelo sistema DSlite e o lojista deverá cancelar a nota fiscal e emitir outra nota fiscal/xml com o CFOP correto.

Motivo: O CFOP incorreto, pode incorrer em "risco fiscal" para os envolvidos. Pois, o fornecedor irá remeter o produto sem impostos para o destinatário final, isso significa que o processo de "Venda a Ordem" deve estar perfeito, caso contrário, o fisco pode interpretar que o dropshipping é um artifício para não pagar impostos.

 

Informaçoes adicionais detalhada desta CFOP: (Código Fiscal de Operaçoes e Prestações)

5120/6120: Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros entregue ao destinatário pelo vendedor remetente (Fornecedor), em venda à ordem.

Classificam-se neste código as vendas à ordem de mercadorias adquiridas ou recebidas de terceiros, que não tenham sido objeto de qualquer processo industrial no estabelecimento, entregues pelo vendedor remetente (Fornecedor) ao destinatário, cuja compra seja classificada, pelo adquirente originário (Lojista), respectivamente nos códigos 1.118 ou 2.118 - "Compra de mercadoria pelo adquirente originário (Lojista), entregue pelo vendedor remetente (Fornecedor) ao destinatário, em venda à ordem".

 

O cliente vai receber a nota fiscal de quem ?

O cliente final irá receber 02 notas fiscais, sendo uma nota fiscal de faturamento do lojista e uma nota fiscal de simples remessa do fornecedor. Ambas as notas fiscais serão com o mesmo valor final.

Com Nota Fiscal Avulsa, é possível fazer dropshipping ?

A base do nosso sistema é sempre o arquivo XML da nota fiscal eletrônica e a nota fiscal avulsa não gera o arquivo xml, portanto, em nosso sistema, não é possível utilizar os recursos de dropshipping com a Nota Fiscal avulsa.

Emissão de notas fiscais para o Dropshipping Legal.

O processo de emissão de nota fiscal para o dropshipping está em embasado na operação fiscal de “Venda a Ordem”, onde são emitidas 03 notas fiscais. Uma do lojista e duas do fornecedor.


    Quando realizada uma venda, o lojista emite a sua nota fiscal de faturamento para o cliente final, como se fosse uma venda normal, no entanto, utilizando a CFOP 5120 ou 6120 que é específica desta operação fiscal de “Venda a Ordem” e menciona nos dados adicionais da nota fiscal que o produto será entregue pelo fornecedor informando o CNPJ e a Razão social do fornecedor.


    O Fornecedor irá emitir uma nota fiscal de simples remessa para o destinatário das mercadorias citando a nota fiscal, CNPJ e Razão social do lojista e que a entrega está sendo realizada “por conta e ordem” do lojista.


    O Fornecedor emite também uma segunda nota fiscal de faturamento simbólico para o lojista citando que os produtos já foram entregues para o destinatário X conforme nota fiscal X.

Como funciona a tributação dos produtos na venda por dropshipping ?

A tributação para o lojista é idêntica à uma venda normal, a única diferença entre uma venda normal e uma venda por dropshipping é a CFOP da nota fiscal e uma mensagem que deve ser colocado nos dados adicionais da nota fiscal informando que os produtos serão entregues pelo fornecedor.

O processo de dropshipping não altera em nada as responsabilidades fiscais e tributárias de uma operação de compra e venda normal. E está embasado na operação fiscal de “Venda à Ordem”. 

Disponibilizamos um manual de instruções para emissão de nota fiscal e sugerimos que o lojista consulte o seu contador para quaisquer esclarecimentos e validação.